A voz humana é produzida na laringe, um tubo que fica no pescoço. Dentro desse tubo, temos duas dobras de músculos e mucosa, chamadas popularmente de “cordas vocais” (o nome correto é pregas vocais). Para produzir a voz, essas pregas vibram com a passagem do ar dos pulmões, que é o combustível para o som. Esse som é transformado em fala pelos movimentos de várias estruturas, como língua, boca e lábios. Quem comanda toda essa operação é o cérebro, enviando impulsos de acordo com o que queremos falar e de que forma (fraco ou forte, fino ou grosso). Nossa voz é o resultado de características herdadas e do ambiente em que vivemos.

Cada voz é única e podemos ser identificados pela forma com que a usamos, embora ela varie bastante de acordo com nossas emoções e com as pessoas com quem falamos.

O que é um problema de voz ?
Qualquer dificuldade na produção da voz pode ser considerada um problema de voz, como rouquidão, cansaço ao falar, voz fina ou grossa demais, fraca ou forte demais.

Como saber se eu tenho um problema de voz ?
Se sua voz ficou diferente nos últimos tempos (rouca, fraca, tensa ou cansada, por exemplo), se melhora quando você fica alguns dias sem falar muito e piora em situações em que usa mais a sua voz, é possível que esteja com um problema. Se as modificações durarem mais que 15 dias, você deve consultar um especialista.

Existe diferença entre projetar a voz e falar alto?
Sim. Projetar é falar alto com controle de qualidade da voz, sem sobrecarregar as “cordas vocais”; já falar alto pode ser sinônimo de gritar, com esforço excessivo, que pode ser prejudicial.

Por que minha voz muda durante o dia?
Porque a tensão do corpo varia e a voz tende a acompanhar nosso estado físico e emocional. A voz também é influenciada pelo ambiente. Por exemplo, em situações de muito barulho, a voz fica automaticamente mais forte e pode se cansar mais rapidamente. Já quando estamos relaxados, ela fica mais solta, mais baixa e mais grossa (grave).

Como posso cuidar da minha voz?
Procure falar sem fazer força e abra bem a boca para articular as palavras. Beba água regularmente, evite pigarrear, gritar e falar muito em ambientes ruidosos, competindo com o barulho. Limite o álcool e, se fumar, procure um programa para interromper o tabagismo. Remédios caseiros para melhorar a voz geralmente não dão resultados e podem irritar sua garganta.

É normal a voz “tremer ” quando se fala?
A voz pode tremer em situações de fortes emoções, timidez ou medo, mas se você perceber que sua voz está instável mesmo quando não está nervoso, procure um especialista pois alguns problemas neurológicos podem começar com voz trêmula. 

O que fazer quando estou totalmente sem voz?
Se precisar falar, não force, fale baixo e mais devagar, abrindo bem a boca, porém, evite sussurrar. Mantenha-se hidratado bebendo goles de água ao longo do dia e procure um médico otorrinolaringologista e/ou um fonoaudiólogo. 

É normal uma criança ser rouca?
Não. Rouquidão é sinal de um problema na voz. Se a criança fica rouca com frequência por falar forte, gritar ou se ela sempre foi rouca, é necessário compreender o que está acontecendo. Uma rouquidão pode dificultar a comunicação e prejudicar o desenvolvimento social. Procure a orientação de um fonoaudiólogo e/ou otorrinolaringologista.

Quando a voz muda na adolescência?
A voz muda entre 13 e 15 anos, podendo ficar oscilante em um período de seis meses, até ficar mais grossa (grave), em direção ao padrão adulto de falar. Essas mudanças são mais nítidas nos meninos e coincidem com o aparecimento da barba.

Se a voz continua infantil na vida adulta, pode-se fazer alguma coisa?
Se o corpo cresceu e a voz não mudou, deve-se avaliar o que está acontecendo.
Várias situações podem prejudicar o desenvolvimento da voz, como problemas nas “cordas vocais”, alterações hormonais, ou até mesmo influências emocionais.
A maioria dos casos pode ser tratada com sucesso e o adulto terá uma voz que combine com sua idade e seu corpo.

Meninos podem cantar durante a mudança da voz na adolescência?
A voz durante a puberdade pode ficar instável e, por isso, cantar pode ser mais difícil.
Contudo, se o adolescente for acompanhado por um professor de canto ou regente, pode continuar realizando tal atividade, desde que a música respeite as possibilidades de sua nova voz. O importante é lembrar que esse período de mudanças é passageiro e natural.

Todo mundo pode cantar?
Sim, todos podem cantar, mas para ser cantor profissional é preciso preparar-se. Cantar exige controlar os movimentos dos músculos das “cordas vocais”, boca e demais órgãos da fala, além de desenvolver uma respiração para sustentar as frases musicais. Tudo isso requer treino.

É natural que um professor seja rouco?
Não, embora rouquidão seja um problema muito comum nos professores, não é normal que sua voz seja rouca ou cansada por mais de duas semanas. Pode haver um problema nas “cordas vocais” ou um uso incorreto da voz.

Aulas de canto pode m melhorar um problema de voz ?
Aulas de canto melhoram a habilidade de cantar, mas dificilmente têm efeito positivo na fala. Quando alguém está com problema na voz o canto pode até mesmo prejudicá-la, o que deve ser avaliado por um especialista.

O que é o falsete ?
É a voz em um tom mais fino (agudo) do que geralmente produzimos no canto. É utilizado como um recurso de interpretação, preferido em alguns estilos e com som diferente da voz natural de um cantor.

Cantar em falsete faz mal para a voz ?
Não, cantar em falsete não faz mal, a menos que a voz seja produzida com esforço e tensão. Professores de canto têm diversas técnicas para desenvolver essa região da voz; em casos problemáticos, fonoaudiólogos podem ajudar.

Homem e mulher podem cantar em falsete ?
Ambos os sexos podem produzir a voz em falsete, mas, evidentemente, essa voz mais fina e de qualidade especial chama mais a atenção nos homens.

Cantar no “tom” de outra pessoa faz mal?
Sim, cantar no tom de outra pessoa pode prejudicar a saúde da voz e até mesmo levar a pessoa a desenvolver alguma dificuldade vocal para falar, como voz rouca ou cansada.

A voz que eu ouço gravada parece diferente da minha voz . Isso é normal?
Sim, isso é normal, mesmo quando ouvimos nossa voz em gravadores muito bons. Quando escutamos nossa voz no dia a dia, recebemos informações por via aérea (som da voz pelo ar) e por via óssea (pela vibração dos ossos do corpo), e o som fica mais grave (grosso) que o som do gravador, que é mais próximo de como os outros nos ouvem.

Como posso produzir diferentes vozes sem agredir ou machucar as “cordas vocais”?
Podemos evitar machucar as “cordas vocais” se fizermos pouco esforço, sem ficar com a garganta ardendo ou queimando. Todos conseguimos mudar a voz, deixando-a diferente, mais fina, mais grossa ou com outras características diferentes da voz natural, mas isso deve ser usado por pouco tempo. 

O que é aquecimento vocal? Como se faz para aquecer a voz ?
O aquecimento vocal é constituído por uma série de exercícios e movimentos para soltar os músculos envolvidos na produção da voz, melhorar a circulação sanguínea e ajudar a concentração mental necessária para a atividade a que se destina, o que pode ser uma palestra ou o canto. 

Posso dar aulas ou cantar se estiver resfriado?
Normalmente um resfriado comum não impede a pessoa de cantar ou falar. Porém, em algumas situações, a voz pode ficar prejudicada e é melhor fazer um repouso vocal do que correr o risco de prejudicá-la. Nessas condições, hidrate-se (tome goles de água) e use a voz somente quando necessário. No caso de dar aulas, o professor deve tomar cuidado para não gritar e ficar atento a sinais de alterações vocais e dor ao falar.

Não gosto da minha voz . Ela pode ser modificada ?
Qualquer voz pode ser aperfeiçoada, mas é importante compreender porque você não gosta de sua voz, o que exige uma avaliação especializada.

Doenças do corpo podem afetar a voz ?
Sim. Um problema de voz, chamado de disfonia, pode ser um sintoma de um problema maior de saúde do corpo, como de doença de Parkinson (que provoca voz mais fraca e trêmula) ou um problema mental, como depressão (com voz mais fraca e grossa). Assim, nem sempre um problema de voz tem sua causa nas “cordas vocais”, mas pode estar no cérebro.

Tratamentos de voz são longos?
Não. A duração média de um tratamento de voz é de três a seis meses. O tempo exato varia de acordo com o caso, será determinado pela avaliação fonoaudiológica e depende do tipo de problema do indivíduo e de sua aderência ao tratamento.

Rouquidão pode ser sinal de câncer?
Sim. Câncer de laringe geralmente tem como sinal uma rouquidão que dura mais de 15 dias e deve ser necessariamente avaliada por um médico otorrinolaringologista.

A voz envelhece?
Sim. Como todo o corpo, a voz também passa por modificações com a idade, que são mais evidentes a partir dos 60 anos, com grande variação de pessoa para pessoa. A voz pode ficar mais fraca, mais trêmula, mais grossa nas mulheres e mais fina nos homens.

O que são “calos nas cordas vocais”?
Os “calos nas cordas vocais” são engrossamentos que deixam a voz mais rouca e geralmente mais grossa. Os calos, cuja denominação correta é “nódulo de pregas vocais”, são geralmente o resultado de predisposição e de situações de uso excessivo ou abusivo da voz.

O que é um fonoaudiólogo especialista em voz?
É um fonoaudiólogo com um título de pós-graduação nesta área, capacitado para atender pessoas com problemas de voz (disfonia) ou que querem melhorar a sua voz falada ou cantada. O fonoaudiólogo geralmente trabalha em conjunto com médicos, psicólogos ou professores de canto, de acordo com a necessidade do caso.

Onde posso encontrar um especialista em minha cidade?
A Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia – SBFa (www.sbfa.org.br) e o Conselho Federal de Fonoaudiologia – CFFa (www.fonoaudiologia.org.br) podem ajudá-lo a encontrar um profissional em sua região.

Preciso de um exame médico para fazer uma terapia de voz?
Sim. A avaliação do médico otorrinolaringologista é indispensável para o tratamento fonoaudiológico, a fim de se identificar o problema em questão e poder-se planejar o melhor tratamento para seu caso.

Há livros para o público em geral que podem ser consultados?
Sim. Existem livros escritos por fonoaudiólogos, que buscam esclarecer sobre as principais causas de alterações vocais e os cuidados com a voz, assim como sites na internet com informações úteis. A Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia – SBFa (www.sbfa.org.br) pode ajudá-lo a encontrar as informações de que você precisa.

Preciso pigarrear para “limpar”a minha voz . Isso é normal?
O pigarro ocasional não faz mal, mas se acontece sempre pode ser sinal de algum problema de voz, alergia, rinite ou sinusite.
Pigarrear corresponde a uma batida forte entre as “cordas vocais” e pode irritar ainda mais a laringe. Se você tem um pigarro insistente, procure um médico  otorrinolaringologista para investigar a sua causa.

Fumar faz mal para a voz?
Sim, sem nenhuma dúvida o cigarro irrita os tecidos da laringe e aumenta as chances do aparecimento de um problema de voz, incluindo câncer de laringe e do pulmão. O fumante passivo também sofre as consequências negativas do cigarro.

Ingerir álcool faz mal para a voz?
Sim. Como o cigarro, o álcool também irrita os tecidos da laringe. O seu consumo em excesso diminui o controle da voz, irrita os tecidos da laringe e aumenta a chance de um abuso vocal.

Gritar faz mal para a voz?
O grito faz com que ocorra um forte atrito entre as pregas vocais e, se usado constantemente, pode prejudicar a saúde vocal e contribuir para o aparecimento de lesões na laringe como os “calos nas cordas vocais” (nódulos vocais).

Sussurrar faz mal para a voz?
O sussurro em excesso pode prejudicar a laringe pela tensão necessária para bloquear osom natural da voz. Sussurrar em situações de fala confidencial não é negativo, mas o sussurro não deve ser um hábito. 

Imitar diferentes vozes e sons pode prejudicar a minha voz?
Se as imitações forem feitas com abuso e esforço, podem sobrecarregar os músculos e tecidos e comprometer a voz. Alguns indivíduos têm facilidade para imitar pessoas, sons e animais, e essa habilidade é mais do cérebro que da laringe em si. O ideal é que os imitadores recebam orientação fonoaudiológica para evitar sobrecarga e aprender técnicas de condicionamento (treinamento) vocal.

Quando falo muito, fico cansado. Isso é normal?
A voz pode ficar cansada quando usada em excesso, como ocorre com os outros músculos do corpo (como andar demais). É importante descansar a voz após seu uso prolongado, ficando quieto por algum tempo. Caso o cansaço seja constante, consulte um especialista para verificar se existe algum problema e desenvolver exercícios para melhorar o rendimento vocal. Uma boa estratégia para evitar o cansaço é articular bem as palavras, falar mais devagar e modular a voz.

Os outros reclamam que falo alto de mais; posso mudar isso?
Sim, com a ajuda de um fonoaudiólogo você pode melhorar o controle do volume (intensidade) de sua voz. Perceba se fala muito alto mesmo em situações tranquilas, nas quais poderia falar mais baixo. Caso sinta que tem dificuldade para ouvir as outras pessoas e prefira um volume alto de televisão e rádio, você pode ter um problema de audição.

Quais os cuidados mais importantes para se ter uma voz bonita?
O ideal para se ter uma voz bonita é evitar abusos vocais, como, por exemplo, gritar ou falar muito alto por um longo período. Além disso, perceba se você fala com mais esforço que o necessário. Caso use a voz profissionalmente, faça uma avaliação vocal com um fonoaudiólogo e siga as orientações para diminuir o desgaste vocal.

Gargarejar com chá de romã é bom para a rouquidão?
Não há nenhum efeito comprovado. Caso você esteja sentindo a voz rouca, procure um fonoaudiólogo e um médico otorrinolaringologista para identificar a causa dessa alteração e, então, ser encaminhado para o tratamento mais adequado.

Quais alimentos fazem bem para a voz?
A relação dos alimentos sobre a voz é indireta, pois somente o ar passa pela laringe e pelas “cordas vocais”. O mel pode ajudar como lubrificante e o própolis tem propriedades anti-inflamatórias, mas nenhum desses alimentos é tratamento para um problema de voz. A água também não passa pela laringe, mas a hidratação contribui para o funcionamento das “cordas vocais”, reduzindo o esforço e aumentando o rendimento vocal.

Quais os benefícios de ingerir água e maçã?
A água hidrata o organismo, inclusive as “cordas vocais”, fazendo com que vibrem de forma mais solta, o que diminui o esforço. Já a maçã possui propriedades adstringentes que ajudam na limpeza da boca e da faringe, melhorando a ressonância da voz; além disso, o movimento de mastigar a maçã deixa mais solta a musculatura responsável pela articulação das palavras. Contudo, maçã não é tratamento para voz rouca.

Ar – condicionado pode prejudicar a voz?
Algumas pessoas podem ser sensíveis à exposição prolongada ao ar-condicionado, apresentando ressecamento e alteração na voz. Se você trabalha em ambientes com ar-condicionado, tome pequenos goles de água ao longo do dia, para combater a secura.

Tenho um problema de voz . Devo Procurar um médico ou um fonoaudiólogo?
A avaliação médica e a fonoaudiológica são complementares nos casos de problemas de voz. O médico fará o diagnóstico e dará a conduta do caso (remédios, cirurgia ou terapia), enquanto o fonoaudiólogo especialista em voz fará a avaliação do comportamento vocal e definirá a conduta fonoaudiológica necessária (orientação, aperfeiçoamento e exercícios).

Como posso saber se o meu problema de voz pode ser tratado com exercício ou se precisa de cirurgia?
O médico é o profissional habilitado para definir o tipo de tratamento para cada caso e pode pedir informações para outros especialistas, como o fonoaudiólogo. Alguns problemas de voz podem ser tratados tanto com cirurgia como com terapia, enquanto outros precisam de cirurgia antes de ter as condições para os exercícios vocais. Cada caso deve ser avaliado individualmente e as preferências e possibilidades do paciente também são levadas em consideração.

Diretoria executiva do departamento de voz da SBFa
Mara Behlau_coordenadora
Juliana Algodoal_secretária 
Comitê Voz Clínica
Ana Cristina Gama_coordenadora
Glaucya Madazio_vice-coordenadora
Miriam Moraes_secretária executiva 
Comitê Voz Profissional
Iára Bittante de Oliveira_coordenadora
Anna Alice de Almeida_vice-coordenadora
Thais Raize_secretária executiva
Comitê Fononcologia
Ingrid Gielow_coordenadora
Irene de Pedro Netto_vice-coordenadora
Sayuri Tutya_secretária executiva 
Articuladores Regionais
Deborah Feijó_1ª região
Ana Elisa Moreira-Ferreira_2ª região
Maria Aparecida Stier_3ª região
Leonardo Lopes_4ª região
Maria Lúcia Torres_5ª região
Carolina Anhoque_6ª região
Maria Elza Dorfman_7ª região
Eduardo Magalhães_8ª região
Diretoria da sBFa_Biênio 2008/2009
Fernanda Dreux Miranda Fernandes_presidente
Iêda Chaves Pacheco Russo_vice-presidente
Ana Teresa Brandão de Oliveira e Britto_secretária 1
Zuleica Antônia de Camargo_secretária 2
Zelita Caldeira Ferreira Guedes_tesoureira 1
Camila Di Ninno_tesoureira 2
Ana Luíza Pereira Gomes Pinto Navas_diretora científica 1
Beatriz de Castro Andrade Mendes_diretora científica 2
SOCIEDADE BRASILEIRA DE FONOAUDIOLOGIA
Rua Barão do Bananal, 819
São Paulo_SP
voz@sbfa.org.br
WWW.SBFA.ORG.BR

233 Comentários

  • Gabriel disse:

    eu sou um adolescente e tenho 13 anos mais minha voz é muito grossa(grave) e eu nao queria que ela fosse assim,eu queria afinar ela mais sem o uso de remedios,tem como eu afinar ela em pouco tempo e sem prejudicar as cordas vocais?

  • Isa disse:

    Tenho 13 anos. Quando eu falo normal (converso), tenho a voz um pouco grossa. Mas quando canto, minha voz fica super fina. Tem como eu engrossar um pouco mais a minha voz, quando estou cantando?

  • Maria Edarda disse:

    Tenho 14 anos e minha voz fica diferente quando canto, eu fico sem força na voz e as vezes não consigo alcansar o grave e nem o agudo, minha voz fica meia roca, oque eu devo fazer neste caso? não sinto dor nas cordas vocais e as vezes acho que minha arcar dentaria atrapalha.
    a arcar dentaria pode atrapalhar?

  • Silvana disse:

    Ha 1 semana estou com a voz rouca e o pescoço doendo o que pode ser?

  • katyelle disse:

    tenho 17 anos e minha voz é aguda . Queria saber o q faço para fazer falsetes perfeitos e não desafinar .

  • Joseany disse:

    Olá, tenho 26 de idade e sempre gostei muito de falar e de cantar. O fato de falar muito, pouco “atrapalhava” quando eu cantava. Já fui vocalista de uma banda de forró e embora passasse longas horas ensaiando(sem aquecer a voz, por puro relaxamento), por mais que ficasse um pouco rouca, em algumas ocasiões, sempre conseguia me recuperar. Quando passei a dar aulas(pois era professora de português), senti minha voz muito prejudicada, após um tempo, mas ainda assim me recuperava. Mesmo assim, abandonei a profissão por vários motivos. Mas, o problema maior que está me deixando muito preocupada, é que, há 1 ano, estou trabalhando como operadora de telemarketing e, já faz umas semanas, estou sentindo minha voz super cansada ao falar. Se eu falo uma frase longa, é como se tivesse feito algum esforço enorme na voz. O pior é que eu ammmmmmooooo cantar e recebi um novo convite para este novo ano. Farei o que for preciso para ficar curada desse problema. Também, de vez enquando, se desgrudam umas bolinhas de massa, pequeninas, amareladas e muito, mas muito fedidas mesmo, da minha garganta. Por favor, gostaria de saber o que faço para me curar da voz cansada e essas bolinhas? O que são, afinal?

  • Maria Aparecida disse:

    Bom dia. Vou começar atuar como professora e a minha voz e fina e baixa. Quando começo a explicar ela começa a falhar e a garganta fica seca. Como faço para melhorar minha qualidade de voz. Que exercicios podem melhorar a minha voz?

  • Olá Joseany; me identifiquei muito com teu relato! Primeiro por ter praticamente tua idade; depois por já ter dado aula; e por último por por amar cantar, já ter passado por bandas de forró e saber que quero a música pra minha vida! Também cantava praticamente sem aquecer, começava cantando as músicas de tons mais baixos e com isso ia aquecendo a voz. Ví que isso não é certo, e comecei a ter cuidados com um dos maiores bens que tenho, que é minha voz! Hoje antes de qualquer apresentação de música, faço nebulização com soro fisiológico, passo aproximadamente 30min fazendo alongamentos, relaxamento da musculatura de todo o corpo, aquecimento vocal e exercícios de respiração; lí artigos, e salvei alguns vídeos no youtube, sobre o assunto. Essas bolinhas que saêm de tuas amígdalas são restos de comida que se acumulam em algumas frestas; chamam-se “cáseo” e é relativamente normal; praticamente todas as pessoas têm isso; o que acontece é que quem não utiliza a voz como instrumento, não liga muito pra ela, e nem nota que saêm essas “bolinhas”; gostaria de trocar experiências contigo; se houver interesse e disponibilidade favor entrar em contato através do e-mail: valoisvalois@yahoo.com.br ; Abraço!

  • dany disse:

    minha professora, disse que a voz e feita pelo ar que passa nas cordas vocais,e estou com uma duvida muito grande,se é assim, então porque que o mudos vivem se não tem voz, porque para respirar o ar te que passar pelas cordas vocais.

    muito obrigada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Gustavo Farias Santos disse:

    quando era criança sofri um acidente,cherei purpurina e minha voz nao sai normalmente.Posso mudar isso?

  • Sou ex paciente de cancer, hoje me curei! forca p/ quem precisa de qq ajuda sobre a saude! adorei o blog! bjs!

  • paulo victor disse:

    Eu tenho 19 anos trabalho com locucao impacto e ,minha voz e fina mais forço para engrossa
    quero saber se ha alguma forma de se engrossar ela para nao ficar mais aguda

  • Coutinho disse:

    Olá, às vezes quando estou conversando não consigo falar algumas palavras, pois é como se a voz travasse. Tem dificuldade até pra falar meu próprio nome. Consigo conversar normalmente em algumas ocasiões. Quando alguém me pede para ligar para uma pessoa que não conheço, não consigo dizer nada, pois a voz trava e a ansiedade aumenta. O que fazer? O que eu tenho? Tem tratamento?

  • letycia mirelly disse:

    ola,meu falsete é meio rouco,eu queria saber como melhorar isso ,eu as vezes não aguento um tom muito alto eu teria como conseguir alcançar niveis altos???por favor me respondam 🙂 queria muito que meu falsete não fosse rouco

  • josé randiely de lima disse:

    por que a minha voz quando canto em notas mais altas ela falha

  • ro disse:

    Eu fiquei rouca a 3 anos atraz, que durou 5 meses.voltou ao normal sem tratamento.
    Nao procurei medico.
    Depois diso, sinto cansada ao flar umpouco mais, nao consigo cantar a voz falha e sinto como no na garganta de vez em qdo.
    Devo mesmo de 3 anos procurar medico?
    oq eu devo ter??

  • Felipe disse:

    Quando eu era mais novo, eu atingia falsetes bastante agudos…. hoje em dia (18 anos) nao consigo mais… mas acho muito legal falsete e eu gostaria de começar aulas de canto… indo direto para minha pergunta, é possivel recuperar aqueles falsetes mais agudos que eu atingia??

  • Victoria disse:

    Eu to com a voz rouca a muito tempo.Eu nunca fiz nada pra ela melhora continuei tomando coisas frias.Mas agora eu vou em um Casting de Canto.O que que eu faco pra minha voz melhora o mais rapido possivel?

  • Matheus disse:

    Bom é o seguinte minha voz e muito fina para o meu sexo (masculino) eu tenho apenas 12 anos é no colégio sou zuado de toda forma,faço qualquer seja o sacrifício para deixa-la grave eu sou uma pessoa que costumo gritar bastante forçar ela consumo alimentos pesados não me alimento de forma saudável .
    As vezes comento isso com minha mãe ela fala que voz de criança é assim mesmo mas a minha voz comparada a de meus amigos está muito fina então eu pergunto o que devo fazer nesse caso ?

  • vitoria disse:

    minha voz é grossa do tom alto mas as veze eu n canto bonito o q devo fazer para ter uma vz perfeita e cantar bonito e também eu n consigo gritar cantar bem alto e fino so grosso e alto eu posso mudar minha voz pra melhor ou n ?

  • Thiago disse:

    Meus amigos falam que eu mudo a entonação da minha voz de acordo com a pessoa com quem eu estou falando. E eu acabei constatando que isso é verdade, o que posso fazer? Isso seria alguma doença ou mania?

  • LD disse:

    Olá Thiago,
    Muito onrigada pelo seu comentário. É muito saudável mudar nossa entonação e até a voz de acordo com a pessoa que conversamos e de acordo com os papéis que desempenhamos. A nossa comunicação deve ser flexível e se adapatar aos interlocutores, somente deve ter sempre seu estilo, sua marca, ok?
    Abs,
    Sandra

  • Daniela disse:

    Quando canto musicas livres ( uma qualquer escolhida por mim ) a voz sai bem mas quando estou nas aulas de canto não consigo chegar nem a metade daquilo que faço no “estilo livre”. Porque não consigo cantar nas aulas de canto?

  • Daniela disse:

    O que devo fazer para ficar com a voz suave e aguda numa semana?
    😕

  • rosangela disse:

    oi tenho 33 anos e a mais ou menos um ano emeio estou rouca, só agora resolvi ir a um otorrino, fiz um tratamento de 2 meses com o

  • LD disse:

    Precisamos mais dados para analisar o que ocorre. Você acha que pode ser tensão, será que você está mais preocupada com sua performance nas aulas?
    Abs,
    Sandra

  • LD disse:

    Puxa você faz perguntas delicadas, existem vários exercícios para voz ficar mais suave e aguda, mas é necessário uma avaliação da sua voz para ver quais são os exercícios que funcionam melhor para você.
    Abs,
    Sandra

  • LD disse:

    Olá,
    Continue contando, sua mensagem não teve final. Como você está?
    Abs,
    Sandra

  • Râmyda disse:

    eu tenho uma certa dificuldade tanto na fala como no canto. Sempre que estou em casa a minha voz é mais grave, mas quando falo com outras pessoas como por exemplo da igreja minha voz fica mais aguda, porém trêmula. Quando eu canto em público minha voz fica trêmula e no tom médio para agudo e quando termino de cantar já fico rouca, mas quando canto sozinha minha voz muda, ou seja, minha voz muda a cada instante. O que eu devo fazer? me ajudem eu sei que isso não é normal e eu já nem sei mais afinal qual é a minha verdadeira voz !!!

  • LD disse:

    Olá Râmyda,
    Muito obrigada pelo seu contato. O ideal é você realizar uma avaliação fonoaudiológica para podermos entender o que realemnte ocorre e depois você fará uma consulta com otorrinolaringologista e talvez aula de canto também. Procure um fonoaudiólogo especialista em voz.
    Abs,
    Sandra

  • Queila disse:

    Eu fico rouca todo ano,mais tem dois anos que parei de ficar rouca mais em compensação eu fico com a garganta inflamada. Minha voz quando canto é muito complicada as vezes canto grosso,fino, se eu afinar a voz eu alcanço tons elevados mais se eu engrossar a voz em algumas musicas eu não consigo cantar por muito tempo.
    E eu agora estou sinto que eu forço a voz p falar para cantar, e eu n consigo cantar como eu cantava antes. o que eu devo fazer?

  • LD disse:

    Olá Keylla,
    Precisa cuidar dessa voz. Estamos em uma época do ano, outono/inverno, no qual pioram os problemas com garganta. O ideal é você consultar um otorrinolaringologista e fazer uma avaliação com um fonoaudiólogo especialista em voz.
    Um abraço,
    Sandra

  • gustavo disse:

    oiii td bem?um baixo ou baritono com treino e acompanhamento de um especialista pode mudar para um tenor dramatico ou ligeiro e a fase de mudanca de voz vai ajudar nisso?

  • LD disse:

    Olá,
    Muito obrigada pelo seu contato. Para qualquer mudança é necessário uma avaliação porque não pode-se forçar algo que talvez não seja bom para você. Procure um professor de cantor ou um fonoaudiólogo especialista em voz cantada para te auxiliar.
    Abs,
    Sandra

  • gustavo disse:

    oi td bem?uma pessoa pode escolher moldar o proprio timbre e extensao vocal?

  • LD disse:

    Olá Gustavo,
    Obrigada pelo contato.
    Eu não diria moldar, ela pode trabalhar a sua voz para usar o máximo possível de sua extensão e adequar seu timbre dentro dos limites que a pessoa tem, sejam eles orgânicos ou outros.
    Abs,
    Sandra

  • alan disse:

    dificuldade de ser expresar, ler ou troca das palavras esta relacionado com a falar? E o que tenho que fazer? QUEM PROCURA?.POR FAVOR ME AJUDE,POIS JA ESTA ATIGINDO NO MEU TRABALHO.OBRIGADA

  • André disse:

    Olá. Eu tenho 19 anos, e canto há mais ou menos 4. Faz um tempo que sinto algo em minhas pregas vocais, como se fosse uma bolinha que estivesse presa a elas. Só que elas aparecem apenas de vez em quando, quando canto muito grave ou muito agudo. Isso seria algum problema?
    Desde já agradeço a atenção.

  • LD disse:

    Olá, se sentimos uma diferença nas pregas vocais devemos avaliar. Sugiro realizar uma consulta ao otorrinolaringologista e conte isso.

  • aline lima disse:

    Oi, tenho 22 anos e minha voz e de uma crianca de 7 anos , o que eu faco?

  • aline lima disse:

    Olá, sou aline, tenho 22 anos e minha voz parece de uma criança de 7 anos de idade… tem algum tratamento? qual?

  • LD disse:

    Olá Aline,
    Tem tratamento sim, o ideal é você fazer uma avaliação fonoaudiológica. Em geral com terapia fonoaudiológica conseguimos adequar sua voz.
    Estamos à disposição.

  • aline lima disse:

    muito obrigada, vou fazer isso…

  • Lembro que nesse dia fui trabalhar a tarde, o sol estava quente e qdo cheguei lá tomei uma aguá super gelada, detalhe sempre tomo aguá misturada, no outro dia sem minha garganta doe fiquei rouca ja vai fazer três Meses, começou no mês de Abril. e não sinto nada mesmo na garganta.

    Por favor me ajudem.
    Borba C. Olibeira.

  • LD disse:

    Olá,
    O ideal é você fazer uma consulta com um otorrinolaringologista primeiro.

  • jéssica disse:

    Tenho 17 anos, e depois que fui a um show e gritei muito, fiquei rouca por uns dias e depois disso não consigoui mais gritar ou alcançar agudos, quando tento gritar ou produzir sons como aaaaah ou oooh de uma maneira mais alta, minha voz não saí ela trava, o som não saí, e tem dias que acordo rouca e depois com o passar de alguns minutos minha voz volta ao normal, faz mais de 1 ano que estou assim.

  • LD disse:

    Olá Jéssica,

    Você fez um abuso vocal e como já faz tempo e você continua com sintomas sugerimos consultar um otorrinolaringologista.

  • filipe disse:

    ola meu nome e filipe
    Quando eu era mais novo uns 13 anos eu conseguia qualquer tom sem ficar rouco, hoje eu vou fazer 16 e pra cantar tenho que abaixar vários tom e ainda fico rouco as vezes, sera que ate os 18 minha voz volta ao normal ou irei ficar rouco?

  • LD disse:

    Olá Filipe, bom dia, tudo bem?

    Agradecemos seu contato com a Linguagem Direta.
    A voz altera muito na adolescência, período compreendido entre 13 e 18 anos. Nos meninos a mudança é mais evidente com variações intensas entre os tons graves e agudos. A rouquidão, no entanto, não faz parte das características desse período.
    Temos duas sugestões a fazer:
    1. Se a rouquidão acontece também quando você não está cantando você deve procurar um médico otorrinolaringologista para verificar suas pregas (cordas) vocais.
    2. Se a rouquidão acontece exclusivamente quando você canta sugerimos que procure a ajuda de um fonoaudiólogo especialista em voz cantada para ajudá-lo a encontrar a melhor produção de voz para o canto.
    Estamos à disposição!

    Atenciosamente,
    Juliana Algodoal- Fonoaudióloga

  • Lincoln disse:

    Eu canto na igreja e a minha voz para mim parece boa, mas quando gravei ela ficou muito média e ligeiramente fanha e grave(ao contrario do que vocês disseram que nós escutamos a voz mais grave na nossa cabeça). Eu gostaria MUITO de cantar com um timbre melhor, sendo pouco mais rouca e mais aguda (sendo que na gravação é MUITO média).

    Por favor me ajudem… estou quase desistindo de cantar. =(

  • LD disse:

    Olá,
    Em geral a voz que ouvimos gravada é a mais próxima da que todos ouvem. Não desista de cantar. Sugiro fazer uma avaliação com uma fonoaudióloga especialista em voz cantada.
    Estou à disposição,
    Sandra

  • Renato disse:

    minha voz é rouca ha uns dois anos ou até mais. Não consigo falar alto em publico, e em locais de muito movimento as pessoas tem dificuldade em entender o que eu falo. É um problema grave……

  • LD disse:

    Olá,
    Muito obrigada pelo seu contato. Precisamos realizar uma avaliação para saber o que está ocorrendo, provavelmente a terapia fonoaudiológica te ajudará muito. Procure um médico otorrinolaringologista ou um fonoaudiólogo para iniciar sua avaliação.
    Estamos à disposição.

  • ana alice disse:

    ola tenho um bebe de 3 meses e ele é rouco desde que nasceu porque nao posso deixar nem sozinho porque nao ouço seu choro é normal vai melhorar ???? quem procuro pois a pediatra examinou e nao viu nada de diferente e ele tambem baba muito !!!

  • LD disse:

    Olá Ana Alice,
    Como você está preocupada e o pediatra não encontrou nada, você ainda pode consultar um otorrinolaringologista pediátrico ou consultar uma fonoaudióloga para te orientar.
    Estamos à disposição

  • Heyder Vinhas disse:

    Passei por uma cirurgia de retirada total da tireoide, e fiquei rouco. Tem 1 mes hoje da cirurgia, e 3 dias que fui em uma fono, do hospital publico onde fiz a cirurgia. Fui atendido por ela em 15 min, onde me passou 3 exercicios e depois voltar em 1 mes. Gostaria que me ajudasse, tenho 36 anos . Gostaria de saber se é necessário eu ir toda semana ao fonodiologo? Quantas vezes por dia tenho que fazer os exercícios? E qual os exercicios que me indicaria para melhorarinha voz? Agradeço antecipadamente pela atençao.
    Heyder Vinhas
    Salvador-Bahia
    71 3018-9418 / 9675-2612

  • Nina disse:

    olá,
    Minha filha tem 14 anos e nunca teve problema de voz, mas ultimamente quando ela fala a voz falha e fica fina por uns segundos..isso pode ser alguma doença?

  • LD disse:

    Olá, Nina, bom dia! Tudo bem?

    Agradecemos seu contato com a Linguagem Direta.
    Sua filha está na adolescência, etapa da vida em que há muita mudança na voz de meninos e meninas. Essas alterações não demoram muito a passar, porém sugerimos que procure um médico otorrinolaringologista ou um fonoaudiólogo para a correta avaliação da voz. Se houver alguma alteração, eles serão capazes de identificar rapidamente e agir.
    Atenciosamente,
    Juliana Algodoal

  • Lucas de Avila disse:

    Eu gostaria de saber se algum tratamento para alcançar notas mais graves.

  • LD disse:

    Olá Lucas,
    Obrigada pelo seu contato, há sim uma forma de alcançar notas mais graves. É necessário iniciar com uma avaliação fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Cristine disse:

    Olá
    Minha filha tem 28 anos e noto que a voz dela é trêmula. Você saberia me falar sobre isso e se tem como tratar?
    Grata
    Cris

  • LD disse:

    Olá Cris,
    Em geral tem tratamento sim. É necessário fazer uma consulta com um médico otorrinolaringologista e depois uma avaliação fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra Oliveira

  • Rosane disse:

    Olá

    Sempre que falo um pouco alto sinto minha garganta queimar por horas. Dói muito mesmo. Tenho isso desde criança. É caso de procurar um médico?

    Rosane Bergmann Vorpagel

  • LD disse:

    Olá Rosane,

    Considero que seria melhor sim consultar um otorrinolaringologista.

    Estamos à disposição,

    Sandra

  • Matheus disse:

    Olá, eu falo muito baixo e tenho até vergonha de tentar falar mais alto pra que pessoas que estejam longe possam me escutar, pois eu falo bem baixo mesmo. Mas não tenho voz fina nem nada, ela é normal. Só que tem a limitação de volume. Queria saber se tem algum tratamento ou cirurgia pra melhorar e aumentar o volume da minha voz! Obrigado.

  • LD disse:

    Olá Matheus,
    A intensidade vocal pode ser trabalhada com terapia fonoaudiológica. Faça uma avaliação com um fonoaudiólogo especialista em voz.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • carlos alexandre disse:

    ola tenho 14 anos e eu estou com problemas de voz pois a minha voz esta muito rouca à mais de 1 ano e as veses quando eu grito ela sai fina e quando falo baixo sai meio rouca e meio grossa e quando falo normal ela fica fina e as vezes rouca e dizem que minha voz esta mudando mas tenho esse problema àmais de 1 ano ! oque será que é? oque eu posso fazer para melhorar a minha voz?

  • LD disse:

    Olá,
    Nessa época é normal o menino começar a sentir mudanças na voz porque ela fica diferente depois da adolescência. Como você está incomodado porque já faz algum tempo que a voz não está estável, sugiro realizar uma consulta com otorrinolaringologista e se for necessário uma avaliação fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • thiago victor disse:

    ola
    tenho 17 anos
    preciso de ajuda minha voz ta mudando eu acho e nao to conseguindo atingir as notas de antes.
    uma hora minha voz fica grave e outra hora fica aguda e isso e muito xato

    quais os cuidados tomar?

  • LD disse:

    Olá,
    O ideal é você fazer uma avaliação fonoaudiológica. Nessa idade ocorrem mesmo essas mudanças.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • antony henrique disse:

    geralmente quando faço pronunciações minha voz soa como cansada ou falo arrastado. o que sera que posso fazer para melhorar. me ajuda! desde de ja agradecido.

  • LD disse:

    Olá,
    O ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica e possivelmente uma consulta com o otorrinolaringologista.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • aline disse:

    eu canto e quero ser uma cantora profissional mas tem vezes que quando o canto tem tipo uma coisa na minha garganta e faz a minha voz falhar o que é

  • Rosemeire Lastrucci disse:

    Faz mais ou menos uns 2 anos que estou com a minha voz mais fraca e um pouco rouca. Tenho rinite alérgica e também refluxo do estômago. Esse problema do estômago sei que pode causar rouquidão mas ele também pode causar essa fraqueza na voz?
    O que você me aconselha procurar qual especialidade de médico?

  • LD disse:

    Bom dia, Rosemeire, tudo bem?

    Agradecemos seu contato com a Linguagem Direta.
    Os problemas de estomago podem causar diversas alterações na voz, entre elas rouquidão e fraqueza, porém é necessário fazer uma avaliação da sua emissão vocal para podermos confirmar se há ou não ligação entre eles.
    O melhor médico para avaliar sua voz é o Otorrinolaringologista, ele fará avaliação da sua voz por meio de exames específicos que indicarão o impacto dos problemas no estomago na sua qualidade vocal.
    Há diversos fatores que alteram a voz, além dos relacionados aos problemas estomacais, entre eles destacam-se baixa hidratação, tabagismo, poucas horas de sono entre muitos outros que colaboram para que nossa voz seja alterada.

    Permanecemos à sua disposição!
    Atenciosamente,
    Juliana Algodoal

  • LD disse:

    Olá Aline, bom dia, tudo bem?

    Agradecemos por seu contato com a Linguagem Direta.
    A melhor forma de identificar o estado atual da sua laringe (local onde ficam as pregas vocais- produtoras do som para a fala e o canto) é fazer uma consulta com um médico otorrinolaringologista e com um fonoaudiólogo especialista em voz cantada. Eles, a partir de uma avaliação específica, poderão auxiliar na identificação dessa sensação que você tem em sua garganta ao cantar.

    Permanecemos à disposição!
    Atenciosamente,
    Juliana Algodoal

  • Gabrielle disse:

    A minha voz cantando é diferente da minha voz falando! Quando falo tenho uma voz normal, de mulher, mas quando eu canto tenho voz de criança, isso é normal?

  • LD disse:

    Olá Gabrielle,
    Algumas pessoas mudam muito a voz da cantada para falada, mas se isso está te incomodando ou até atrapalhando é interessante realizar uma avaliação fonoaudiológica.
    Obrigada,
    Sandra

  • dagmar disse:

    eu canto na noite faz uns 15 anos, tem final de semana que canto 2 show de 4 horas cada um, em um dia, não sinto nada na voz mais tenho fraqueza no corpo e normal ?

  • LD disse:

    Olá Dagmar,

    Difícil saber o que é normal rs. Você precisaria fazer uma consulta para avaliar seu estilo de vida. Definitivamente não é bom sentir-se com fraqueza e isso deve interferir no seu dia a dia, portanto, precisa ser investigado.

    Estamos à disposição,

    Sandra

  • Andrei disse:

    Olá, tenho 19 anos e minha voz é bem aguda, quase como de um contralto, mas canto grave também, mas isso cansa minha garganta, gostaria de saber se é necessário procurar ajudar, se tem exercicios para deixar a voz mais grave, e o que seria “cantar no tom de outra pessoa”?
    Obrigado

  • LD disse:

    Olá Andrei,
    Sugerimos que você procure um fonoaudiólogo especialista em voz cantada para fazer uma avaliação da sua voz e verificar sua tessitura vocal. A orientação adequada a você permitirá que cante por muitos e muitos anos sem se cansar.
    Cantar no tom de outra pessoa faz com que você saia do seu estilo e ajustes físicos para o canto em ajustes e estilos que não são os seus. Esse tipo de situação pode causar cansaço porque, geralmente, para cantar no tom de outra pessoa é necessário fazer mais esforço.
    Estamos à disposição
    Juliana

  • jose augusto disse:

    ola, tenho 17 anos, desde a idade dos 13 anos minha voz nao é a mesma, quando canto nao suporto a mesma altura que suportava com 12 anos, me disseram que é a puberdade, gostaria de saber se é verdade ? e quanto tempo isso vai durar ? e se um dia voltarei a cantar normalmente ?
    desde ja obrigado

  • LD disse:

    Olá José Augusto,
    A voz muda mesmo com a puberdade. O ideal seria uma avaliação com um fonoaudiólogo ou professor de canto para ver como está sua voz atualmente e o que pode ser feito para você voltar alcançar a altura que alcançava sem prejudicar suas pregas vocais.
    Estamos à disposição,
    Sandra Oliveira

  • Alyne disse:

    Olá.
    Minha voz ao acordar fica falha e rouca sempre, durante quase toda a manhã. As vezes tento falar com mais clareza, mas não consigo. E as pessoas às vezes não entendem o que eu quero falar.
    Gostaria de saber se isso é normal e se não for, gostaria de saber o profissional a quem devo procurar. Grata.

  • LD disse:

    Olá Alyne,
    Quando acordarmos é “normal” nossa voz estar mais rouca , mas se isso dura a manhã inteira talvez você necessite algum exercício de aquecimento das pregas vocais e uma avaliação para vermos melhor o que está acontecendo. O melhor é fazer uma consulta com otorrinolaringologista e ele deve te encaminhar para acompanhamento fonoaudiológico.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Karen Tatiane disse:

    Minha voz é grave aveludada e com frequências fico rouca. Isso é normal já que eu canto frequentemente?
    grata. ..

  • LD disse:

    Olá Karen,
    É difícil falar se isso é “normal”, como você canta seria melhor fazer uma avaliação com otorrinolaringologista e com um fonoaudiólogo.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Carlos disse:

    Ola, sou um rapaz de 18 anos e desde dos 12, 13 anos que minha voz mudou muito, minha voz é muito fina e um pouco rouca e quando canto a minha voz fica cansada muito rápido e por vezes ela falha-me. Vivo em Angra do Heroísmo e não sei o que fazer, se falo com o meu medico, pois não sei se existe algum fonoaudiólogo aqui perto.
    Obrigada!

  • LD disse:

    Olá Carlos,
    Obrigada pelo seu contato. O ideal é consultar um médico otorrinolaringologista e depois ele verá a indicação para o fonoaudiólogo.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • maria augusta disse:

    Minha mãe sofre de depressão grave a 1 ano e meio, toma medicamentos fortes e faz tratamento com psiquiatra e acompanhamento com psicologo mas a voz dela é baixa deixando ela muito incomodada, dizendo sempre que ira perder a voz, gostaria de saber se além do tratamento e acompanhamento com estes profissionais que citei devo leva-la em um otorrino ou fono para ajudar a melhorar deste pavor que ela sente pelo medo de ficar sem voz.

  • julio disse:

    Tenho 17 anos e gosto muito de cantar, principalmente rock, e pra cantar esse estilo, forço minha voz em alguns momentos para soltar um som mais rouco e grave. O problema é que quando faço isso, não consigo mais soltar falsete com boa qualidade; parece que por eu ter forçado minha voz minha garganta se adapta a aquele estilo, e leva um bom tempo pra eu soltar falsetes mais limpos.Isso pode causar um problema? Se eu continuar forçando a voz é capaz que eu fique rouco para sempre e um dia não consiga mais soltar falsetes?Se eu tiver criado calos na garganta é capaz que eles possam sum ir com o tempo, ou só com cirurgia? Grato.

  • LD disse:

    Olá Julio,
    O ideal é usarmos a voz confortavelmente, sem esforço. Pode causar algum problema, seria bom realizar uma avaliação fonoaudiológica e otorrinolaringológica para realizarmos a prevenção e você já começar a usar a voz adequadamente, evitando qualquer problema. O melhor é prevenir, se surgir calos precisam ser vistos o mais rápido possível, muitas vezes eles somem com terapia.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • LD disse:

    Olá,
    Considero sim ser importante uma avaliação com otorrino e fono, inclusive para ver se de fato ela precisa de ajuda ou com uma orientação ela poderá não ter mais essa sensação de ficar sem voz. Por sinal, está muito relacionado uma pessoa em depressão e sem voz.
    Abs,
    Sandra

  • Samuel disse:

    Olá meu nome é samuel tenho 14 anos e minha voz fica rouca por muito tempo, melhora e depois a roquidão volta novamente estou com medo de ir ao medico e descobrir uma doença na voz, gosto muito de cantar e não quero parar de fazer o que mais gosto e destruir meu sonho, mais minha duvida é se ricar rouco é normal a fase de transformação da voz???

  • leticia martins disse:

    Ola tenho 12 anos e tenho uma voz muito aguda , eu ouvindo não mais quando as pessoas falam fica na cara , ja que tenho problema de fala (Lingua-Presa) isso pode ser um sintoma disso? Eu queria poder cantar mais grave , ja qu canto frequentimente em muitos locas , como posso fazer isso ??

  • LYAN disse:

    Eu sou roco e tenho que operar as amidolas sera se eu operar a minha voz fica melhor ??

  • LD disse:

    Olá,
    Não há porque você ter medo, fazer uma consulta com o otorrinolaringologista só pode fazer sua voz melhorar. Pode sim ocorrer rouquidão na mudança da voz, durante a adolescência, mas já que vc gosta de cantar uma avaliação é sempre bom, pense como uma prevenção e não detecção de problemas.
    Abs,
    Sandra

  • LD disse:

    Olá Leticia,
    Seria interessante vc realizar uma avaliação fonoaudiológica, já que vc diz q tem língua presa e voz aguda, com fono podemos te ajudar bastante.
    Abs,
    Sandra

  • LD disse:

    Olá,
    A retirada das amígdalas pode modificar um pouco a voz, mas o ideal é ter uma avaliação fonoaudiológica, para ver exatamente o que acontece com sua voz.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Adriano disse:

    Boa noite,
    A certa de 2 anos atrás, devia ter 17 anos, procurei um otorrino devido a oscilação e rouquidão na minha voz, ele disse que poderia ser um retardo da puberdade.
    Ha um bom tempo ouvia minha voz apenas quando digo, e as pessoas sempre reclamando e chacoteado do tom baixo, agudo e rouco. Gravei um áudio e não gostei do que ouvi e acho que não condiz comigo e com a “imagem” que quero passar.
    Vou procurar avaliação novamente, não mudou muito o meu caso, acho que só piorou, mas enfim, gostaria de saber se devo procurar primeiramente avaliação de um otorrino ou fonoaudiologo?
    Grato

  • LD disse:

    Olá,
    As avaliações são complementares. Você necessita das duas, fono e otorrino. A fono precisará mais de uma sessão, portanto, se chegar sem ter ido no otorrino será pedido uma consulta. É melhor fazer isso porque a imagem que você transmite é muito importante e você deve estar satisfeito com ela.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Carol disse:

    Olá, fiquei sem voz após resfriado faz dois dias, não tenho dores de garganta, só um pouco de tosse. é normal? e se não for, se acontecer de eu perder a voz totalmente, tem como recupera-la?

  • LD disse:

    Olá Carol,
    Isso é relativamente normal sim, nossa sugestão é você fazer uma consulta com um otorrinolaringologista para ele ver o que está acontecendo e medicar e/ou fazer algum encaminhamento, se necessário.
    Obrigada,
    Sandra

  • Welliton disse:

    Como faço para consguir imitar vozes?

  • Anny disse:

    Olá, fiquei quase sem voz por algumas semanas, sou cantora e não consigo cantar a mais de um mês. A garganta incomoda e depois de umas 5 músicas fico rouca e parece que a voz vai pra dentro…Já fiz endoscopia e não tem nada de errado com minha garganta ou corda vocal..o que pode ser?

  • LD disse:

    Olá Anny,

    Obrigada pelo contato. O ideal é realizar uma avaliação otorrinolaringológica e fonoaudiológica para ver o que está ocorrendo.

    Estamos à disposição,

    Sandra

  • Mariana disse:

    Olá, há algumas semanas fui ao parque de diversão e acabei gritando demais, no dia seguinte fiquei rouca e isso perdurou por uma semana e meia, agora com a minha voz (que eu acredito que esteja) recuperada não consigo mais cantar normalmente, ela fica oscilando e não atinge os tons mais altos ou baixos que eu atingia…isso é normal? Vai durar muito tempo? Pode ser também pela minha idade, que se encontra na faixa de mudança de voz? Desde já, obrigada!

  • LD disse:

    Olá Mariana,

    O que você fez nós chamamos de abuso vocal e poderia ter se recuperado, mas se ainda sente algo estranho é importante consultar um otorrinolaringologista.

    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Olá,

    Eu sou vocalista de um grupo de musica canto desde meus 12 anos, hoje tenho 24 anos. Nos últimos meses não tenho mais conseguido cantar com tanta facilidade, minha voz vai sumindo a medida que canto e ficou rouca por algumas horas apos, tenho medo por que depois que canto procuro para de falar um pouco, mas quando passo 5 minutos sem falar é dolorido pra falar novamente e preciso respirar profundamente pra conseguir falar algo, e isso a cada dia se agrava.

    Antes cantava na 5 à 7 musicas em um evento, hoje canto mau 2 nas ultimas e a voz some…

    o que é isso?
    estou aguardando a consulta com Otorrino, mas enquanto isso estou preocupada.

    grata,
    Bibiane Araujo

  • Talita disse:

    Quero saber se é normal a garganta aranha , no começo com aulas vocais ?

  • LD disse:

    Olá Talita,
    Se a garganta arranha pode ser que vc esteja fazendo algum ajuste inadequado. Converse com seu professor.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Geovanne disse:

    Olha!! Depois de ter passado pela puberdad, depois dos 15 anos fiquei com a voz oscilando entre grave e fina, produzindo assim uma voz afeminada que me incomoda muito, isso pode ser resolvido?? Obrigado

  • LD disse:

    Olá,
    Sim isso pode ser resolvido. De certa forma até é comum isso ocorrer. Você deve fazer terapia fonoaudiológica para atingir a voz que vc considera mais adequada.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • gustavo disse:

    meu tom de voz é muito alto, e sofro constrangimentos com isso, quando alguém reclama, diz que eu estoi gritando, mas eu nãoi estou ´[e meu timbre de voz, preciso fazer fono, existe fono para o timbfre de voz ser menor?

  • LD disse:

    Olá,
    Muito obrigada pelo seu contato. É verdade esse tom de voz pode incomodar as pessoas e gerar outras sensações também. O ideal é fazer uma avaliação fonoaudiológica, em geral é possível sim adequar.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Quando eu era criança eu cantava muito, mas ao chegar a adolescência eu perdi esse dom. Então eu queria saber o que aconteceu com a minha voz? Se analar fumaça de cigarro fui a causa disso ?
    Eu tenho muito catarro na garganta. E eu queria saber como acabar com isso ?

  • LD disse:

    Olá,
    Obrigada pelo seu contato. A voz muda mesmo na adolescência, mas precisa verificar porque você não cantou mais. Cigarro faz muito mal para voz, mas não deve ser a única razão da mudança na sua voz. Sugiro fazer uma consulta com o otorrinolaringologista para ver o que está causando essa secreção e fazer uma avaliação geral, depois pode ser interessante fazer uma avaliação fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Mady Lemos Marcos disse:

    Antes cantava muito, mas ñ sei se é pela puberdade que já ñ consigo chegar em notas altas, e quando canto só duas músicas e a voz basa preciso urgentemente de uma respostas. Obrigado antecipado.

  • LD disse:

    Olá,
    É normal ter alguma mudança, mas precisa ser avaliado. O melhor seria você realizar uma avaliação fonoaudiológica.

    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Sophia disse:

    Uma amiga me falou que nao faz aula de canto pois “consultou um especialista”* e ele disse que a aula de canto prejudica a voz [em TODOS os casos]. Fiz aula de canto por muito tempo, nunca danificou minha voz.
    *nao sei ao certo se ela chegou a consultar um especialista, e tambem [se ela o tiver consultado] nao sei quais sao suas qualificações.
    Grata

  • elton disse:

    olá.
    bom gostaria de saber, se estou fazendo algo errado!
    não consigo cantar com a voz que falo 🙁 eu canto fazendo uma voz mas de cabeça….. que fica muito diferente da minha voz normal ( mas aguda)… minha opniao, ate mas bonita 🙂 oq vc acha? e se for voz de cabeça msm? e bonito pra homens ?

  • LD disse:

    Olá Elton,
    O importante é verificar se você está fazendo algum esforço que possa prejudicar o funcionamento das suas pregas vocais. Seria interessante realizar uma avaliação fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Débora disse:

    Eu tive um bebê (parto normal), e depois percebi que não consigo fazer alguns vocais agudos, eu desafino.
    O que pode ter acontecido?

  • LD disse:

    Olá Débora,
    O ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica para ver o que ocorreu e realizar uma orientação adequada.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Victor disse:

    tenho uma voz bem fina pra cantar isso é normal ? e pode prejudicar algum dia o engrossamento da minha voz ? e eu tenho 14 anos.

  • LD disse:

    Oi Victor,

    Você está iniciando o que chamamos de Muda Vocal, que ocorre na adolescência, provavelmente sua voz mudará. A voz para o canto geralmente usa ajustes diferentes do que a voz para a fala, mas você deve ficar atento. Para interferir de alguma forma as horas em que você passa cantando devem se muitas.
    Se você estiver preocupado pode fazer uma avaliação com um médico otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo especialista em voz.
    Estamos a disposição!
    Juliana

  • joao disse:

    costumo dar pedaladas e quando chego das peladas fico sem voz demora uns 5 minutos para minha voz voltar ao normal costumo pedalas entre 40 e 60 km, o que pode ser este problema devo fazer procurar um medico?

  • LD disse:

    O ideal é consultar um médico otorrinolaringologista.

  • Yuri disse:

    Tenho 17 anos de idade. Minha voz é grossa e um pouco rouca, desde os meus 12 anos, eu falo normal, mas as pessoas que ouvem dizem que parece que eu falo com sono, quando elas me imitam por brincadeira parece que estou cansado. Mesmo eu falando normal, causa essa impressão nas pessoas. Isso pode ser um prolema ou é normal?

  • matheus teteu disse:

    Olá , queria saber quanto tempo leva a muda vocal ,pq já fiz tratamento ,fiz exercício com a voz mais dessisti de fazer pensei que não ia dar em nada .mais em fim tenho 14 anos tenho muda vocal , quanto tempo leva isso doutora ? .quantos anos ?

  • matheus teteu disse:

    Mais ou menos quanto tempo leva a muda vocal ?

  • LD disse:

    Olá Yuri,
    O ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica. Assim saberemos como você está usando sua voz e outras possibilidades. Se isso te incomoda vale a pena verificar.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • LD disse:

    Olá Matheus,
    A muda vocal varia, em geral ela pode ocorrer dos 14 aos 18 anos. O ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica para verificar como você está usando sua voz.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • LD disse:

    Varia, em geral pode ocorrer de 14 aos 18 anos.

  • Thiago godoy disse:

    OLA , eu faço pregação em igreja mais quando passa dos 15 minutos que eu estou falando a minha garganta começa a coça de mais e nao consigo nem pregar mais direito , o que é isso?

  • LD disse:

    Oi Thiago, tudo bem?
    Obrigada por seu contato com a Linguagem Direta.
    A coceira pode estar relacionada ao aumento da irrigação sanguínea na região das pregas vocais, responsáveis pela emissão do som da nossa voz. O ideal é você fazer um aquecimento vocal especializado antes da pregação, aumentar a ingestão de água e procurar um médico otorrinolaringologista caso o sintoma permaneça.
    Atenciosamente,
    Juliana

  • Carlos disse:

    Ola.

    Sou o Carlos, estou quase a fazer 20 anos e tenho uma voz muito fina e rouca.
    Todos os dias, ao acordar, a minha garganta fica seca e sinto um certo ardume.
    Quando leio um texto, a minha voz cansa-se muito rápido. As pessoas queixam-se porque dizem que falo muito baixo e por vezes não percebem o que digo.
    Já fui a um fonoaudiologista que me analisou duas vezes e disse que as minhas cordas estavam bem. Disse-me que não podia fazer nada, pois esta era e seria a minha voz.
    Que devo fazer?

  • LD disse:

    Olá Carlos,
    A minha indicação é uma avaliação otorrinolaringológica e/ou fonoaudiológica. A fonoaudióloga precisa ter conhecimento em voz. Pelo seu texto considero importante uma avaliação da sua respiração.
    Estamos à disposição,
    Sandra Oliveira

  • Ana disse:

    Olá, é bem comum ao ficar cansada ao falar , por exemplo, ao final de um texto de 30 linhas já tenho que me esforçar para terminar de lê-lo, isso seria normal? Eu também tenho um problema na entonação, não consigo transmitir meu pensamento corretamente, muitas vezes eu faço uma pergunta e as pessoas acham que eu estou afirmando ou eu falo algo em tom de ironia mas os outros entendem que eu falei sério… ouvindo gravação de conversas minhas eu percebi que não falo igual às outras pessoas, as vezes até parece que tenho algum retardo mental, mas na minha mente eu falo direitinho… Enfim, será que isso seria um problema na minha voz ou é algo psicológico, já que sou muito tímida?

  • LD disse:

    Olá Ana,
    Sugiro uma avaliação fonoaudiológica. O cansaço pode estar relacionado a respiração, precisamos avaliar. Assim como a entonação. Podemos avaliar como está sua auto percepção e te ajudar. Eu indico começar com a avaliação da fono.
    Estamos à disposição,
    Sandra Oliveira

  • DAPHENY disse:

    Boa noite!
    Tem uns 5 anos q fico rouca pelo menos 2 vezes por ano, a ponto de perder completamente a voz e fico assim pelo menos uns 4 a 5 dias, e sem uma explicação se quer, passei com otorrino e depois de alguns exames nao constataram nada que explicasse a alteração da minha voz. O que poderia ser?

  • LD disse:

    Bom dia!
    Obrigada por sua pergunta!
    O ideal seria fazer uma avaliação, também, com um fonoaudiólogo especialista em voz.
    algumas hipóteses para esses episódios podem estar relacionadas ao período do ano. Há pesquisas que indicam maior incidência de problemas de voz no outono e na primavera. Você já percebeu em que época do ano ocorrem essas alterações na sua voz? Outra opção que também apresenta pesquisas comprovadas é o abuso vocal, por exemplo, ir a uma festa ruidosa e forçar a voz para falar, entre outras opções.
    fique a vontade para nos enviar mais perguntas ou para detalhar as informações caso queira nossa ajuda.
    Atenciosamente,
    Juliana

  • Davi Luis Vieira da Silva disse:

    Olá, me chamo Davi Luis, tenho 15 anos de idade, moro em Recife. Tenho rinite, sinusite, otite, faringite e refluxo, e as vezes sinto a minha garganta doer, cansaço e/ou sensação de esforço, e até mesmo um atrito mais forte quando estou falando. Eu canto na igreja, canto no colégio, canto em casa, porém não faço aquecimento vocal. Quais medidas tomar para aliviar esses sintomas e manter uma boa saúde vocal? Obrigado!

  • LD disse:

    Olá Davi,
    Com todas essas “ites” rs, você precisa sim cuidar da sua voz. Hidratação é fundamental e o aquecimento vocal também. Sugiro uma avaliação com fonoaudiólogo que fará as orientações específicas para seu caso.
    Att.,
    Sandra

  • César disse:

    Bom dia
    tudo bem?
    eu gosto muito de cantar
    estou tentando fazer aula
    mas percebo que por mais que eu faça os exercícios não surtem efeito
    posso estar fazendo algo errado?
    ou demora mesmo?
    desde já agradeço!!!

  • LD disse:

    Oi César, tudo bem e com você?
    Você faz os exercícios orientados por alguém? Seu professor de canto ou fonoaudiólogo te ajuda com isso?
    Para ter bons resultados é necessário ter uma orientação contínua e especializada. Os resultados aparecem!
    Há variabilidade individual no tempo que os resultados aparecem, mas se você estiver seguindo orientações criadas para você eles aparecerão com maior velocidade.
    Nós agradecemos por sua pergunta e permanecemos a disposição!
    Juliana Algodoal

  • Daniel disse:

    Boa tarde!
    Tenho duas dúvidas sobre voz e acho que vocês poderiam respondê-las.

    A primeira: existe algum exercício para tornar a voz um pouco mais mais grave de forma definitiva? Já vi dois exercícios, o do “espaguete” e o do “ding-dong”. Pelo que eu percebi, os dois realmente funcionaram em mim. Mas o efeito parece ser temporário. Existe algum com efeito permanente?

    A segunda não tem a ver comigo, mas com um amigo meu. Ele tem uma voz bem grave que não o incomoda em nada e não quer mudá-la. Mas esse meu amigo me disse que o primo dele também tinha uma voz grave (parecida com a dele) quando tinha a mesma idade que ele (16 anos). Hoje, já adulto, esse primo dele tem uma voz bem mais aguda. E o meu amigo tem medo de que isso aconteça com ele. O que pode ter acontecido com o primo dele, e o que o meu amigo precisa fazer pra que isso não se repita com ele?

    Desde já grato pela atenção.

  • LD disse:

    Olá Daniel,
    Obrigada pelo seu contato.
    Sim a voz pode mudar, tanto ficar mais grave como aguda. Os exercícios que você cita ajudam a você ter um novo ajuste e produzir uma voz grave, mas é necessário estar em um processo terapêutico fonoaudiológico para entender quais são esses ajustes e como fazê-los no dia a dia para que essa voz se torna a sua sempre!
    Com relação a seu amigo, o que pode modificar a voz são vários fatores, o ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica para ver como está a voz dele hoje e fazer algumas orientações de promoção de saúde e prevenção de alterações vocais.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Enzo disse:

    Olá, me chamo enzo e tenho 20 anos, a umas semanas atrás estive gripado e fiquei rouco, porém, mesmo depois de estar bem ,notei que não consigo fazer mais a voz aguda, o que pode ser e isso é normal?

  • LD disse:

    Olá Enzo,
    Muito obrigada pelo seu contato. Se já faz mais de 15 dias que você sentiu essa alteração vocal e você não consegue mais fazer a voz aguda recomendo fazer uma consulta com o otorrinolaringologista, às vezes é necessário uso de medicamento para o restabelecimento geral e/ou uma avaliação fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Francisca das chagas da Silva disse:

    A minha voz e muito baixa e fonha as pessoas dizem já eu escuto como se ela tivesse alta

  • LD disse:

    Olá,

    As vezes escutamos nossa voz diferente mesmo, é importante verificar se você está tendo algum prejuízo na comunicação ou se está incomodada com isso. Se sim, vale uma avaliação fonoaudiológica.

    Obrigada,

    Sandra

  • Leonardo disse:

    Tenho 21 anos minha voz sempre foi fina as vezes fico roco isso aconteceu depois de um acidente onde machuquei sonente o rosto e minha garganta cossa muito o que seria isso?

  • LD disse:

    Oi Leonardo, tudo bem?
    Obrigada por ter acessado nosso site.
    Para você saber o que está acontecendo com sua voz, o ideal é procurar um médico otorrinolaringologista e identificar se a rouquidão decorre do acidente ou é uma característica sua. Com a avaliação médica um fonoaudiólogo especialista em voz poderá avaliar e orientar na melhor produção da sua voz de forma a evitar a rouquidão.
    A voz fina não tem relação direta com a rouquidão.
    Atenciosamente,
    Juliana Algodoal

  • Kathleen disse:

    Oi fiz uma cirurgia de polipo nas cordas vocais a 13 dias e até hj minha voz nao voltou e normal?

  • LD disse:

    Olá,
    O ideal é retornar ao seu otorrinolaringologista para uma avaliação e quem sabe encaminhamento para avaliação fonoaudiológica.
    Estamos à disposição

  • Sophie disse:

    Olá, existe cirurgia para mulheres que engrossaram a voz tomando anabolizantes? Eu tomei e na segunda semana já tive esse efeito colateral, parei mas não reverteu, estou arrasada com isso. Desinformada e sou cantora sempre vivi da música, não consigo mais cantar.

  • edvania souza disse:

    Olá! tenho 19 anos aos 13 tive câncer de laringe que paralizou minha corda vocal esquerda, fiquei com a voz muito baixa e rouca, já procurei um especialista da voz e me informaram que não tem como melhorar o som da minha voz.
    Será que teria algum procedimento a qual vocês poderiam me indicar?

  • LD disse:

    Oi Edvania, obrigada pelo seu contato!

    Há algumas técnicas e estratégias que podem ser utilizadas nos casos de paralisia de pregas vocais. O ideal seria que você procurasse um fonoaudiólogo especialista em voz para fazer uma avaliação mais detalhada. No seu comentário não fica claro se você procurou médicos otorrinolaringologistas ou fonoaudiólogos.
    Por favor, se quiser uma resposta mais detalhada é necessário um pouco mais de informação.
    Atenciosamente,
    Juliana
    Linguagem Direta

  • LD disse:

    Olá Sophie,
    Obrigada pelo seu contato.
    Imaginamos sua preocupação.
    O ideal seria você fazer uma avaliação com um médico otorrinolaringologista e com um fonoaudiólogo especialista em voz. Pode ser que, com acompanhamento, você consiga recuperar sua voz. Há excelentes profissionais com especialização e conhecimento na voz artística.
    Atenciosamente,
    Juliana
    Linguagem Direta

  • MINHA IRMÃ ESTA COM 67 ANOS,E FOI FICANDO COM A VOZ ,QUE COM O TEMPO NÃO ENTENIDIAMOS MAIS O QUE ELA PRONUNCIAVA,FICOU FRACA A SUA VOZ E COM MUITA DIFICULDADE PARA SE ENTENDER O QUE ELA DIZ, O QUE PODE SER

  • LD disse:

    Olá,
    Pode ser uma presbifonia ou outra coisa, é necessário realizar uma avaliação otorrinolaringológica e/ou fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Jenifer disse:

    Sou evangélica e canto na igreja, mas quando estou cantando minha voz para por causa de uma baba que, inclusive, me incomoda até de madrugada, quando estou sentada, deitada ela não atua. O que posso fazer?

  • LD disse:

    Olá,
    É necessário fazer uma avaliação fonoaudiológica para verificar o que está acontecendo.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Faço 30 minutos de exército de canto 1 hora por dia minha voz fica meia cansada e um pouquinho rouca e norma

  • LD disse:

    Olá,
    O ideal é que os exercícios e o tempo sejam adequados para você, a voz não deveria ficar rouca. Sugiro uma avaliação fonoaudiológica.
    Att.,
    Sandra

  • Vanderleia S Oliveria disse:

    Oi gostaria de saber o que eu poderia estar fazendo, fiz naso com a otorrino disse que minhas cordas vocais estão enchadas e me dicou um fono ,mas ainda não consegui e ja estou a 3 meses assim o que vc me recomendaria? Será que preciso fazer uma tomo da cabeça ou das minhas cordas vocais?

  • LD disse:

    Olá,
    O ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica para a indicação adequada do que deve ser feito.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Eduardo disse:

    Há alguns dias recebi um golpe de jiu Jitsu muito forte na garganta e fiquei com a voz fraca praticamente falhando nos tons mais agudos seja quando canto ou falo normalmente queria saber o que aconteceu e o que devo fazer

  • LD disse:

    Olá Eduardo,
    O ideal é fazer uma consulta com o otorrinolaringologista para ele avaliar o que ocorreu. Se necessário ele te encaminhará para uma avaliação fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • jakson carlos disse:

    OLÁ ESTOU COM A GARGANTA INFLAMADA , E NÃO CONSIGO FALAR COM VOZ AGUDA, SÓ NO GRAVE , ISSO É NORMAL ?

  • LD disse:

    Olá Jakson,
    Obrigada pelo contato com a Linguagem Direta!
    Sim, é normal, em quadros de inflamação de garganta, ter alteração na produção da voz.
    Se você estiver com a garganta inflamada há duas semanas ou mais deve procurar um médico otorrinolaringologista para que ele te oriente e trate.
    Atenciosamente,
    Juliana Algodoal

  • Boa tarde! Eu preciso tira uma dúvida, eu me acordo todos os dias com a garganta doendo, mais com alguns minutos passa, eu não dormo com a boca aberta, e a alguma tempo, toda as horas da refeição, minha voz corta, e fica fraca, ficou sem força, quando sair, ela fica grossa demais e eu tenho que fazer aquela compressão com a garganta pra pode passa. Agradeço a gentileza ser pode me ajuda .

  • LD disse:

    Olá Wanessa,

    Com esses dados é difícil saber o que está ocorrendo, o ideal é fazer uma consulta com o otorrinolaringologista e uma avaliação fonoaudiológica.

    Estamos à disposição,
    Sandra

  • kailaine disse:

    porque quando eu canto eu fico roca em poucas parte da musica

  • LD disse:

    Olá,
    Pode ser por várias razões, é necessário fazer uma avaliação para saber o que ocorre.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Maria disse:

    Quando a pessoa tem problema na voz, não sai voz, por causa de quer? Outra pergunta, essa cordas vocais ajuda muito pra melhorar a voz?

  • LD disse:

    Oi Vitoria, tudo bem?
    Obrigada por seu contato com a Linguagem Direta. As cordas, ou pregas vocais, são as responsáveis pela produção da nossa voz. Elas, junto com a respiração e a movimentação de lábios, língua e demais órgãos fonoarticulatórios produzem o que consideramos a nossa fala.
    Se a voa não sai há mais de 15 dias é importante você buscar um médico otorrinolaringologista para fazer uma avaliação e identificar porque ela não está saindo. Com essa avaliação ele indicará o melhor tratamento, que pode ser, inclusive, fonoaudiológico.
    Atenciosamente,
    Juliana

  • Alexandre disse:

    Olá.
    A minha voz na maioria das vezes é bem menos grave e sem potência(não consigo me acostumar) e as vezes grave com potência(a cada dia mais raro de permancer algum tempo grave). Acho que ela está afinando e estabilizando assim
    Eu acho que o meu problema é hormonal.
    Isso é normal? já tem vários anos nesse dilema e eu queria que ela ficasse grave porque me dá uma sensação de completude e combina mais comigo. Tenho 26 anos.

  • LD disse:

    Olá Alexandre,

    O que chamamos de “muda vocal” ocorre na adolescência e termina por volta de 18 anos (há alguma variação). No seu caso ela já deveria estar completa. Se você acha que o problema é hormonal deve procurar um médico endocrinologista para ter certeza.
    Nós sugerimos que procure um médico otorrinolaringologista que fará uma avaliação das condições das suas pregas vocais (cordas vocais) e um fonoaudiólogo especialista em voz.
    É muito simples estabilizar a voz e mantê-la como você deseja com um tratamento adequado.
    Agradecemos por sua pergunta e permanecemos à disposição.
    Juliana

  • Pablo Lima disse:

    Por que quando falo com alguem que nao conheço,minha voz muda?

  • LD disse:

    Olá Pablo,

    Em geral a voz muda pela emoção ou papel que ocupamos. O que você acha que ocorre quando conhece uma pessoa?

    Estamos à disposição,
    Sandra

  • BINHO disse:

    Olá sou locutor de rádio, recentemente fiz um exame pois sentia muita queimação na garganta ao falar . Fui ao fono e minhas cordas vocais estão perfeitas, ele disse que podia ser refluxo, estou tomando remédio e a queimação e o cansaço ao falar continua ….. isso tem a ver com o refluxo ?

  • LD disse:

    Olá, pode ter. O ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica e possivelmente uma consulta médica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Daniel disse:

    Eu peguei uma gripe,e desde então perdi a habilidade de fazer voz fina como eu conseguia antes,se eu fazer o mesmo que fazia não sai som algum.É possivel perder vozes pela puberdade ou quando a gripe acabar minha voz fina voltara?

  • LD disse:

    Olá Daniel,

    A voz deve voltar após a gripe. Na puberdade há várias mudanças na voz também. Se continuar sem atingir os sons agudos sugiro procurar um médico otorrinolaringologista e uma avaliação fonoaudiológica.

    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Washington disse:

    Olá, tive câncer de laringe a seis anos, já fiz duas cirurgia para retirada de calos na prega vocal, os médicos me deram alta, mas hoje, ao acordar, acordo com a voz normal, mas basta começar a falar que a rouquidão aparece.
    Será isso por razões de não ter feito um tratamento com o fonodiologo?

  • LD disse:

    Olá,
    Nunca é tarde para o tratamento rsrs. Sugiro realizar uma avaliação fonoaudiológica e possivelmente uma otorrinolariongológica também. O fonoaudiólogo poderá te orientar com relação a isso. Só assim saberemos o que está acontecendo.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Carlos Henrique Franchini Fouto disse:

    olá gostaria de saber o que posso fazer em relação a minha voz/garganta. à um tempo atrás eu estava treinando jiu jitsu e no treino um colega meu apertou meu gogó com mta força, desde entao perdi minha voz, tem dias que nao consigo nem falar. ja tomei remedio durante um mes e ainda nao passou, o que eu poderia fazer? ir em outro medico ou em um fonoaudiólogo ? aguardo resposta

  • LD disse:

    Olá Carlos,
    É importante a avaliação fonoaudiológica e do médico otorrinolaringologista.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Greicy disse:

    Tenho 18 anos sou mulher e minha voz e baixa e fina, n gosto da minha voz porque e muito fina e baguncao comigo,,,

  • LD disse:

    Olá Greicy,
    Há a possibilidade de fazer uma avaliação fonoaudiológica e ver o que pode ser mudado na sua voz.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Daniel Neves disse:

    Olá precisava muito esclarecer umas dúvidas

    Tenho 18 anos e canto em um coral. Eu canto geralmente com os primeiros tenores mas meu timbre é muito mais agudo do que o dos outros tenores e eu não alcanço os graves deles com conforto. Minha tessitura é pequena e vai do Sí2 até o Mi bemol 4 e Mí4. Mesmo eu tendo uma voz natural mais aguda eu vejo os tenores com vozes mais graves alcançarem Sol4 e Lá4 mas eu mesmo tenho dificuldade num simples Fá4! O pior é que eu não tem a menor possibilidade de eu ser um barítono pra mim é o mesmo que uma soprano tentar ser contralto pq tenho poucas notas graves. Assim eu nunca acerto os tons e só atraso todo mundo 🙁
    Estou pensando em fazer uma mudança vocal e como minha voz pende mais para o lado agudo eu pensei em uma tessitura entre o Fá3 e o Lá 4 ou Sí bemol 4 na notação americana. Queria saber se com exercícios fonoaudiologicos ou fonocirurgia isso é possível.
    Por favor me responda estou desesperado!!!
    Atenciosamente

  • LD disse:

    Oi Daniel, obrigada por seu contato conosco.
    Não se desespere! Procure um fonoaudiólogo especialista em voz cantada e faça uma avaliação especializada.
    Os exercícios fonoaudiológicos poderão auxiliar no melhor uso da sua voz para o canto. Se estiver em SP pode procurar o Setor de voz artística na Santa Casa de SP que eles tem especialistas nessa área.
    Caso queira alguma outra ajuda é só voltar a nos contatar.
    Atenciosamente,
    Juliana

  • Ely disse:

    Olá sou Ely! Gostava da minha voz e todas as pessoas que as ouviam. Mas tive problemas na tereoide e não cantei mais como antes. Fique com a voz rouca. Isto é normal?

  • LD disse:

    Olá Ely,

    É necessário uma avaliação fonoaudiológica para saber o que está acontecendo.

    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Nana disse:

    Tenho voz trêmula ao conversar. Apenas algumas palavras saem trêmulas. Tipo quando atendo o telefone dizendo Oi, palavras iniciadas com R. E quando fico nervosa a voz e tão trêmula que trava ao sair. O que pode ser isso?

  • LD disse:

    Olá Nana,

    Isso pode ocorrer por várias razões. O ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica.

    Estamos à disposição,

    Sandra

  • Manuel Santos disse:

    Quando estou preocupado a minha voz parece que fica presa, temporariamente. No entanto, há dois dias que sinto essa sensação e as pessoas dizem que tenho a voz diferente.

  • LD disse:

    Olá Manuel,

    A tensão pode mudar mesmo a nossa voz. Se essa sensação de voz presa permanece é importante fazer uma avaliação fonoaudiológica/otorrinolaringológica.

    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Matheus Eliel disse:

    Olá, me chamo Matheus e a pouco tempo eu peguei um resfriado e fiquei bastante rouco, me sinto bem, minha voz já melhorou, só que não consigo mais alcançar notas agudas com os antigamente, gostaria de saber o que pode ter acontecido e o que eu posso fazer para melhorar está situação. Obrigado!

  • LD disse:

    Olá Matheus,

    O ideal é realizar uma avaliação otorrinolaringológica e fonoaudiológica para verificar o que pode estar ocorrendo. No resfriado é normal ter uma alteração.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Eliana disse:

    Ola! Meu nome é Eliana e tenho 29 anos. Minha voz é de criança. Todo mundo diz q minha voz é infantil e q ainda por cima é pra dentro. Antes isso não me incomodava tanto, mas hoje em dia está me incomodando demais, fico horas pensando nisso e ta me fazendo muito mal. Me ajudem por favor!

  • LD disse:

    Olá Eliana,
    O ideal é realizar uma avaliação fonoaudiológica para você ter a orientação correta. Temos várias formas de adequar a voz conforme sua personalidade.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Vinícius Alves Cirilo disse:

    Olá durante uma briga, o rapaz fez um mata leão no meu pescoço tão forte q fiquei sem voz por uns 2 dias, daí depois de umas 3 semanas eu já tenho minha voz mas não a mesma, pois não consigo cantar da forma que cantava, nem falar alto nem gritar, nem dizer palavras com letra U sem forçar a garganta. O q poderá ter ocorrido? Terei minha voz natural de volta? Devo me preocupar? O q é melhor fazer num caso desse?

  • LD disse:

    Olá Vinicius,
    É melhor fazer uma consulta com o otorrinolaringologista.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • guilherme disse:

    Olá, tenho a vós roca desde minha adolescência, eu esculto ela apenas grossa e alta mas muita gente me diz que ela parece muito machucada e que pode ser que tenho alguma doença na vós, será? o que pode ser?

  • LD disse:

    Olá Guilherme,
    Obrigada por seu contato com a Linguagem Direta.
    O ideal é consultar um médico otorrinolaringologista que fará exames e poderá dizer se sua voz tem alguma alteração ou não.
    Se ela estiver alterada, o médico indicará sessões de fonoaudiologia elogo estará tudo bem.
    Atenciosamente,
    Juliana

  • antonio mendes disse:

    BOA TARDE , ESTOU COM A VOZ CADA VEZ MAIS TREMOLA. COMO SE FALASSE CHORANDO, O QUE TEM PREJUDICADO-ME BASTANTE NO MEU TRABALHO POIS SOU VENDEDOR. GOSTARIA DE SABER QUAL MEDICO DEVO PROCURAR. FUI NO NEUROLOGISTA E O MESMO NAO ME AJUDOU. JUNTA A ANSIEDADE E O NERVOSISMO . MEU PAI DE IDADE AVANÇADA QUASE JA PERDEU A VOZ. QUE DEVO FAZER?

  • LD disse:

    Boa tarde Antonio,
    Você deve procurar um médico otorrinolaringologista, ele é o especialista na voz.
    O médico fará alguns exames e, provavelmente, indicará sessões de fonoaudiologia ou alguma intervenção mais específica.
    Obrigada por seu contato.
    Juliana

  • Sandra Regina Savariego disse:

    Olá,

    Uso bastante a minha voz, pois sou professora e canto em espaço religioso durante pelo menos 4 horas todo sábado.
    Venho notando que de uns meses para cá, meu falsete está danificado, pois meus agudos falham bastante e não chego mais na afinação correta.
    Acha que só com aquecimento eu posso resolver isso ou devo procurar um fonoaudiólogo?

  • LD disse:

    Olá Sandra,
    O aquecimento ajuda, mas indicamos sim uma avaliação otorrinolaringológica e uma fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Lindomar disse:

    Boa noite, perdi as partes agudas da voz .nao . consigo cantar mais nos tons altos das musicas . oque pode ter acontecido. ?

  • LD disse:

    Olá Lindomar,

    Precisamos investigar se aconteceu algo e o que foi. Sugiro realizar avaliação otorrinolaringológica e fonoaudiológica.

    Estamos à disposição,
    Sandra

  • tays jesus disse:

    meu ti perdeu a voz, ele estava falando normalmente e do nada a voz dele sumiu, depois disso ele não falou mais faz uns 3 meses que ele está assim, não sai nada ele tenta falar mais não consegue, quando ele dorme ele fala algumas coisas dormindo, “quando ele esta dormindo ele consegue falar” e quando ele tosse também sai som da tosse dele… isso pode ser o que ??? e tem como a voz dele voltar ???

  • LD disse:

    Olá Tays,
    Pode ter sim como a voz voltar. Esse fenômeno pode acontecer. Ele precisa fazer uma avaliação fonoaudiológica e otorrinolaringológica para sabermos exatamente o que ocorreu e como proceder.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Luzinete disse:

    Bom dia!

    Constantemente venho tendo problema de corte om as palavras,ao me comunicar com as pessoas,eu falo com dificuldade as palavras,tipo corto a fala…isso mais acontece quando ficou com minha pressão arterial alta. sendo que os sintomas só surgem depois.
    vale ressaltar que tenho 78 anos e sou hiper-tensa e tomos vários tipo de remédios.
    o que deve fazer?

  • LD disse:

    Olá,
    O ideal é realizar uma avaliação com o médico otorrinolaringologista e com um fonoaudiólogo.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Livia disse:

    Tenho disfonia por conta de uma lesão nervosa, que levou a uma paralisia da prega vocal direita. Faço enfermagem, e pretendo fazer mestrado em biologia molecular, gostaria muito de lecionar nesse campo. É possível? ou é bom já abandonar esse tipo de esperança?

  • LD disse:

    Olá Livia, tudo bem?

    Obrigada por seu contato!
    É possível sim, há exercícios fonoaudiológicos que podem te ajudar a ter uma voz mais confortável. Procure um médico otorrinolaringologista e um fonoaudiólogo especialista em voz.
    Atenciosamente,
    Juliana

  • Alene disse:

    !Estou fazendo sessões de fono por causa de uma fenda e agora que estou na nona sessão estou ficando mais roca do q antes de descobri o problema .Já falei com a fono e ela me informou q deve ser algum alimento q estou comendo como laranja etc,mas antes eu comia tudo e não ficava roca .Isso é normal?

  • LD disse:

    Olá Alene, tudo bem?

    Obrigada pelo seu contato com a Linguagem Direta.
    O normal é que com as sessões de fono sua voz melhore. Quanto aos alimentos, sim, há alguns que fazem a voz ficar pior. Você deve ir ao médico otorrinolaringologista para verificar se é a alimentação que está causando essa piora.
    Após um exame clínico ele poderá lhe orientar melhor.
    Atenciosamente,
    Juliana

  • Daniel disse:

    Olá, sou Daniel.

    Meu problema com minha voz é o seguinte:

    Quando eu era criança eu costumava gritar em tom agudo de forma ultra forçada e alta, tão alta que era possível ouvir o som distorcido do meu próprio grito, como quando um rádio reproduz um som alto e o som fica distorcido, eu fazia isto para “espantar” outras crianças me perturbando ou me incomodando. Hoje em dia eu tenho 16, minha voz mudou e ficou mais grossa, porém, eu basicamente perdi toda e qualquer capacidade de gritar agudo, ou de fazer sequer um esforço maior para alcançar o tom agudo que seja “seguro”, sem realmente força tanto, minha voz trava e apenas solto ruídos, tanto que enquanto canto enquanto curto alguma música, se tento forçar um pouco para uma nota mais alta eu não consigo, só consigo tons agudos bem, bem leves. Creio ter criado os tais nódulos nas minhas pregas vocais, minha voz é grossa, e um pequeno detalhe, eu dou uma leve suavizada na minha voz, para soar mais agradável no dia a dia, nada prejudicial (apesar de que eu suavizo a voz á tanto tempo, que soltar a voz grossa normal e mantê-la é de certo modo difícil.

    Enfim, obrigado pela atenção, meu caso é bem aleatório, mas “grave” de certo modo, espero ter um modo de ao menos suavizar tais problemas.

    Ps: esse é o segundo comentário que faço, meu comentário anterior não apareceu no feed, então não tenho certeza se você recebeu meu comentário anterior, desculpe por replicar a mesma história, de todo modo, não é necessário responder os dois comentários.
    -Espero que dessa vez vá-

  • LD disse:

    Olá Daniel,
    Recebemos seus dois comentários, obrigada.
    Tem como melhorarmos sim os seus agudos. O ideal é realizar uma avaliação otorrinolaringológica e uma fonoaudiológica para sabermos exatamente o que está acontecendo e iniciarmos os trabalhos.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Aurea cristina disse:

    bom dia !!
    de um tempo pra ca ,venho tendo de ficar com avoz rouca do nada ,quando eu falo fica pior , o que pode ser?

  • LD disse:

    Olá,
    Pode ser mau uso, pode ser cansaço, podem ser muitas coisas. O ideal é realizar uma avaliação otorrinolaringológica e fonoaudiológica.
    Estamos à disposição,
    Sandra

  • Muito bom o artigo adorei o seu coteúdo

    Parabéns

  • LD disse:

    Ficamos felizes que tenha gostado!
    Um abraço
    Juliana

  • Washington da Silva Freitas disse:

    Olá meu nome Washington, meu problema e minha voz não voltou Ton de agudo não consigo gritar ou falar fino, fora isso estou falando normal.
    Eu não entendo pq, como está cm voz normal, e não consegui gritar e falar tons fino?

  • LD disse:

    Oi Washington, tudo bem?
    O ideal é que você procure um médico otorrinolaringologista para fazer uma avaliação.

    Atenciosamente,
    Juliana

  • Erik Masarok disse:

    Olá, eu fiz 16 anos na semana passada, e eu não acho minha voz bonita. Eu falo para dentro tem gente que pede para mim repetir o que falei por causa disso, ela não é fina nem grossa, mais se eu for me comparar com pessoas gordas e negras, nada contra, minha voz é uma bosta.
    mais por que eles pessoas assim tem a voz grossa desde cedo ?

  • LD disse:

    Erick,
    A voz é uma das áreas com maior variedade na humanidade! Você vai encontra voz grossa em todas as raças e com pessoas de todos os tamanhos. Não é uma questão relativa a esses pontos.
    Se você quer ajustar sua voz precisa procurar um fonoaudiólogo especialista em voz que ele será capaz de identificar como te ajudar.
    Um abraço
    Juliana

Agende uma entrevista virtual

logo Linguagem Direta

A Linguagem Direta tem uma rede com os melhores profissionais do mercado para desenvolver uma solução em comunicação para você e sua empresa! Exclusivo e sob demanda, nossos profissionais são guiados pela experiente profissional, mestre e doutora Juliana Algodoal.

Receba nossas novidades